Saiba tudo sobre indexar seu site no Google rapidamente

Tempo de leitura: 3 minutos

0 Flares 0 Flares ×

Ter o seu site no Google significa conseguir máxima exposição. Afinal, esse é o maior e mais usado buscador da internet. Para que isso seja possível, é preciso saber como indexar site no Google.

O processo exige seguir alguns passos, justamente para fazer com que o endereço seja reconhecido pelo robô do serviço. Com as orientações certas, você consegue executar tudo em menos tempo.

Na sequência, veja como indexar site no Google e entenda quais pontos exigem a sua atenção!

O que significa indexar um site?

Quando uma página é criada, ela não é reconhecida automaticamente pelo Google. Afinal, são milhões que são criadas todos os dias e existe um tempo de processamento desses dados.

Indexar um site, portanto, é o mesmo que colocá-lo na lista de domínios reconhecidos pelo Google. Em uma analogia, é como incluir o link em um catálogo ou conjunto de endereços.

Na prática, há chances de a página ser mostrada em certas pesquisas de palavras-chave. No entanto, note que isso não significa um bom posicionamento entre os resultados. Para conseguir posições melhores, será preciso executar táticas de SEO.

Como indexar site no Google?

O jeito mais fácil de realizar esse processo é ao “apresentar” a URL para o buscador. Para tanto, basta seguir para o Google Webmaster Tools e fazer o envio. Ao clicar nesse link, você só precisa adicionar o endereço, para que o Google o reconheça. Após uma avaliação positiva, o link é adicionado.

Uma dúvida frequente das pessoas é em relação ao domínio. Como há sites criados via Wix, WordPress e tantos outros serviços, é comum questionar se existe alguma diferenciação.

A princípio, a indexação acontece da mesma forma para todos os tipos de endereço. No entanto, o posicionamento de SEO pode ser diferente para alguns serviços. Até 2016, os sites criados pelo Wix eram prejudicados por causa dos recursos utilizados pela empresa. Com as mudanças a partir daquele ano, a reputação e a autoridade começaram a melhorar.

Quanto tempo demora para o Google concluir o processo?

O maior buscador da internet mundial não estabelece prazos para que uma URL seja indexada. A etapa pode demorar alguns minutos ou, então, levar semanas ou meses.

Tudo depende da arquitetura do site, do conteúdo e até se há links externos que apontam para ele. Quanto melhor for a autoridade de um domínio que direciona para o seu site, menor é o tempo de indexação. Então, considere essa estratégia.

Para que serve o Sitemap?

O Sitemap, como o nome já aponta, corresponde a um “mapa” com todas as URLs do seu endereço. Ele tem a função de apresentar a estrutura do site e ajuda o Google a identificar quais são as páginas que devem ser indexadas.

Ao enviar o Sitemap, é mais fácil para o algoritmo se guiar e entender o que deve ser adicionado. Para excluir alguns conteúdos, como páginas duplicadas, é preciso adicionar o recurso robots.txt, que dá orientações específicas.

O que é e para que serve a Ferramenta de Inspeção de URL?

O Google Search Console é um serviço oferecido pelo buscador e que tem o objetivo de ajudar a acompanhar a indexação. Por meio dele, é possível saber se existe algum problema e como corrigir uma dificuldade de indexação.

A Ferramenta de Inspeção de URL, destacadamente, serve para apresentar informações sobre o elemento indexado. Isso permite conhecer as versões alternativas de páginas, além de identificar outros elementos do domínio. Com uma boa análise, dá para garantir a definição adequada de ferramentas.

Para indexar seu site no Google de forma rápida, o processo é mais simples que parece. Com a apresentação da URL e o uso dos recursos adequados, como o Sitemap, é possível incluir o domínio no catálogo do buscador. Para obter os melhores resultados de busca, entretanto, é essencial investir em SEO.

Para ficar sempre por dentro das novidades e de outras dicas, curta a nossa página no Facebook, siga nosso perfil no Instagram e acompanhe todas as novidades!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *