Criar anúncio: 5 motivos para usar Facebook Ads e Google Ads

Tempo de leitura: 3 minutos

0 Flares 0 Flares ×

Criar anúncio ou usar a estratégia de link patrocinado, como é conhecida, é uma alternativa versátil e atraente. É possível fazer isso no Google Ads e também nas redes, como por meio do Facebook Ads.

As ferramentas têm funcionamento semelhante, mas apresentam resultados diferenciados. Enquanto a abordagem das redes sociais traz uma oferta direta e até de remarketing, a do Google envolve as buscas feitas pelo usuário. Em todo caso, a performance é positiva e justifica a escolha.

A seguir, veja por que criar anúncio patrocinado e entenda qual é o potencial de cada ferramenta.

1. Aumento de alcance e reconhecimento de marca

Em ambos os casos, dá para elaborar campanhas que atendem a necessidades específicas e que ajudam a marca a se posicionar de uma forma melhor. Pelo Facebook, por exemplo, é possível atingir mesmo quem não curte a página do negócio, o que otimiza os resultados.

Já com o Google Ads, a posição privilegiada nas páginas de pesquisa e o uso da rede de display garantem o impacto em públicos variados. Com maior reconhecimento, a marca pode gerar novas oportunidades.

2. Elevação no engajamento

Se mais gente passa a conhecer o empreendimento, também aumentam as probabilidades de engajamento. Isso acontece ao criar anúncio no Facebook ou no Google e é uma forma de evitar as “métricas de vaidade”. Ou seja, os números são realmente úteis e podem gerar resultados melhores.

Ambos os recursos têm campanhas de segmentação, então é possível falar com a pessoa certa e no momento adequado. No Facebook, a propensão imediata à compra é um pouco menor, mas isso não impede a conquista de interação com certos conteúdos e com a marca, em geral.

3. Ampliação da geração de leads

Já que o engajamento dispara, é possível obter novas oportunidades. No Facebook Ads, principalmente, dá para incluir outras pessoas no topo do funil de vendas. É o que acontece ao elaborar a divulgação para um material de entrada.

O Google Ads também oferece essa opção, especialmente com landing pages específicas. Ao criar anúncio com o link para o teste de um software, por exemplo, há a obtenção de oportunidades inéditas.

4. Condução simplificada pelo funil de vendas

Ao mesmo tempo, não basta gerar leads se eles não converterem, de acordo com os objetivos. Para tanto, é preciso conduzi-los pelo funil, o que exige considerar a jornada de compra.

No Google Ads, isso é possível ao monitorar o comportamento de quem visita algumas páginas a partir dos links patrocinados, por exemplo. Já no Facebook Ads há o uso da segmentação e também do remarketing — e as duas alternativas ajudam a conduzir as pessoas a tomar uma decisão.

5. Obtenção de bom retorno sobre investimento

Uma das métricas mais importantes do marketing digital é o retorno sobre investimento (ROI). Com a criação de anúncios, há como obter bons resultados.

Para o Google Ads, por exemplo, o retorno médio estimado é de 2 dólares para cada 1 investido. Então, há uma média de 100%, dependendo da estratégia. O desempenho é semelhante no Facebook e ambas as soluções têm potencial.

Com um grande ROI, dá para alavancar os investimentos, gerar mais vendas e diferenciar o negócio. Essa possibilidade patrocinada, portanto, é muito interessante para quem busca resultados distintos.

Criar anúncio é uma alternativa benéfica, tanto para Facebook Ads quanto para Google Ads. Porém, é fundamental contratar uma agência especializada, pois é preciso ter os conhecimentos certos para obter um bom desempenho.

Para ficar sempre por dentro das novidades, curta nossa página no Facebook e não perca nenhuma informação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *