Afinal, o que é Marketing Digital?

Tempo de leitura: 7 minutos

0 Flares 0 Flares ×

Somente em 2018 foram investidos mais de R$ 16 bilhões nas mídias digitais. Hoje, as estratégias conectadas já correspondem a 1 em cada 3 esforços de marketing. Na prática, isso demonstra a importância do marketing digital. Mas será que você realmente o conhece?

Com o avanço da internet e outras tecnologias, ele estará cada vez mais presente. Para as empresas, é fundamental explorar a estratégia e já se preparar, de modo a sair à frente de alguns concorrentes.

Para que não restem dúvidas, veja o que é o marketing digital e entenda as suas características.

De forma simples, o marketing digital consiste em todas as estratégias de comunicação e posicionamento que utilizam o ambiente conectado. As empresas adotam essa abordagem com o objetivo de fortalecer a marca, agregar valor e, é claro, vender.

Assim como acontece no offline, há o chamado composto de marketing. Inicialmente, tem 4Ps:

  • produto: oferta do empreendimento e todas as suas características. Pode ser tanto um item quanto um serviço;
  • preço: valor cobrado para gerar lucro, mas atrativo para o público;
  • praça: local onde o produto ou serviço pode ser encontrado e como atinge os clientes e
  • promoção: forma de divulgar a marca e os produtos para o público de interesse.

Com a inclusão de “pessoas”, forma-se o conjunto de 5Ps do marketing digital. Ele corresponde ao público externo e interno e tem a ver com o centro de todas as ações e estratégias.

Já o composto de 8Ps inclui, além dos 5 anteriores, as seguintes propostas:

  • processos: todas as atividades necessárias para atender as pessoas e alcançar objetivos com o marketing;
  • posicionamento: maneira como o negócio se coloca no ambiente digital e se compara aos competidores e
  • performance: resultados obtidos, em relação ao esperado e ao mercado.

Para completar, vale entender outros conceitos para compreender melhor a estratégia e como ela é aplicada.

O que é persona?

A persona é a representação semifictícia do público-alvo. Para elaborar, é preciso criar um perfil com dados reais, como informações demográficas (sexo, idade, profissão, localização, etc.) e de comportamento. É o elemento que direciona a atuação.

O que é lead?

O lead é uma oportunidade que já teve interação com a sua marca e demonstrou algum interesse pela empresa, pelos produtos ou por qualquer oferta. Um visitante que fornece o e-mail em troca de um material gratuito se torna um lead.

O que é funil de vendas?

O funil de vendas é uma estratégia que divide as pessoas de acordo com a preparação para a compra. Quem estiver no topo acaba de entrar na jornada, enquanto quem estiver no fundo está perto de fechar negócio.

O que é CTA?

Sigla para Call To Action, o CTA é a “chamada para a ação”. Pode ser um botão, comando ou orientação para levar o usuário a executar uma ação.

Vantagens do Marketing Digital

O marketing digital tem ganhado importância por conta dos seus diversos benefícios. Quando é aplicado com planejamento e consistência, ajuda o negócio a chegar mais longe. A seguir, veja quais são as maiores vantagens dessa estratégia.

Interatividade

Ao contrário do marketing offline, o digital permite o contato direto e em tempo real com os clientes. Por meio das redes sociais, por exemplo, é possível interagir com as pessoas, o que aproxima o relacionamento.

Análise e mensuração 

Em uma loja física, não dá para medir quanto tempo cada pessoa passou na loja ou quais produtos olhou. Em um e-commerce, dá. Esse é só um exemplo para mostrar que a capacidade de mensuração da abordagem é imensa, o que gera um conhecimento importante.

Mais oportunidades para as empresas

Como é mais acessível que opções offline, o digital permite até que pequenas marcas façam boas campanhas e atraiam consumidores. Dependendo do modelo de negócio, podem obter vendas em qualquer parte da cidade, do país e até do mundo. Portanto, há um total ampliado de oportunidades.

Direcionamento

Principalmente graças à segmentação, é possível escolher quem será alcançado por cada ação. Assim, fica mais fácil direcionar a atuação e atingir grupos de interesse, o que aumenta o retorno.

Estratégias de Marketing Digital

Outro ponto de destaque do marketing digital é que dá para fazê-lo de diversas formas. Dá para combinar soluções, mas o mais importante é escolher a configuração que atende às necessidades do negócio. A seguir, veja quais são algumas das alternativas.

Inbound

O Inbound Marketing também é chamado de marketing de atração e consiste em atrair as pessoas até a marca. Em vez de interromper o público (como em um anúncio), ele se conecta com o empreendimento por vontade própria.

Marketing de conteúdo

Parte da estratégia de Inbound, o marketing de conteúdo consiste em produzir conteúdo relevante para o público de interesse. Além de ajudar a marca a se consolidar como autoridade, aumenta o alcance e permite obter mais vendas.

Performance

Principalmente usado em estratégias de links patrocinados, o marketing de performance tem foco nos resultados. É o caso de medir o Retorno sobre Investimento (ROI), criar publicações impulsionadas e de adotar links pagos.

Criação de sites/landing pages

O site é o cartão de visitas virtual de um negócio e é essencial para consolidar a estratégia. Além de abrigar informações do empreendimento, dos produtos e o blog, pode ter landing pages. Essas páginas trazem uma oferta específica e são responsáveis por gerar leads.

CRO

Sigla para Conversion Rate Optimization ou Otimização da Taxa de Conversão, consiste em táticas para melhorar as ações dos visitantes. Com essa abordagem, é possível ampliar os resultados sem fazer grandes mudanças.

SEO

Sigla para (Search Engine Optimization ou otimização para mecanismos de busca), consiste em ações que contribuem para melhorar o rankeamento das páginas e conteúdos, ajudando a executar os principais pré-requisitos exigidos pelas plataformas de pesquisa.

Planejamento e mensuração

Uma estratégia de marketing digital precisa de estrutura para ser bem-sucedida. O planejamento estratégico se torna essencial e inclui alguns passos. A seguir, veja quais são as etapas desde o início até o acompanhamento de resultados.

Definição de objetivos

Qualquer ação de sucesso deve ter objetivos bem definidos. Nesse caso, é interessante optar por metas quantificáveis, como aumentar as vendas em X vezes ou gerar um número Y de leads por mês.

Pesquisa sobre o público-alvo

Também é indispensável que as ações sejam direcionadas para o público de interesse. Então, há a pesquisa de mercado, criação de persona e entendimento sobre o que as pessoas preferem e esperam.

Seleção de estratégias

Ainda no planejamento, devem ser definidas as estratégias que serão usadas. É o caso de escolher o Inbound Marketing e os anúncios nas redes sociais, por exemplo. Foque no que realmente faz sentido para o negócio.

Gestão de leads

Com a execução, as primeiras oportunidades serão geradas. É importante trabalhar esses leads para que se tornem clientes dentro do funil de vendas. Entre as ações necessárias estão a qualificação e a nutrição de leads, para que possam descer pelo funil.

Automação

Atualmente, é possível (e recomendado) automatizar ações de marketing. Com as ferramentas de automação correta, dá para disparar e-mails de forma automática, coletar dados de comportamento e assim por diante.

Análise de resultados

Conhecer a performance é essencial ao longo e ao final de uma campanha. Com métricas e indicadores-chaves de desempenho, é possível saber o que deu certo e o que precisa ser melhorado. Então, o processo reinicia e outro planejamento é feito.

O marketing digital é uma ferramenta versátil, eficiente e em crescimento. Com o seu uso, o negócio tem a chance de se manter atualizado e de se consolidar.

Quer entender ainda mais sobre o tema? Veja 10 livros de marketing digital que devem ocupar a sua cabeceira!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *