Quer receber nossas novidades?

Cadastre-se e fique por dentro das tendências do marketing digital.

5 fortes tendências de marketing para 2016

tendências
25 Flares 25 Flares ×

Depois de um 2015 marcado pela crise econômica, é hora de as empresas buscarem alternativas para dar a volta por cima no próximo ano. Isso significa que você deve melhorar os resultados para lucrar e ter sucesso no seu negócio.

O tempo é curto, e você já deve começar a traçar as estratégias que serão executadas em 2016. Ao longo dos anos, o foco tem sido o comportamento do consumidor, e dessa vez não vai ser diferente.

Pensando nisso, reunirmos algumas das tendências que estão mudando a cara do marketing e que prometem trazer resultados positivos para a sua empresa. A maioria pode não ser novidade para você, mas passará a ser regra. Não fique para trás, e confira!

Marketing de relacionamento

O objetivo do marketing de relacionamento é focar na construção de uma relação mais sólida com o seu consumidor. Através de ações estratégicas, se torna possível criar e manter um relacionamento positivo com os seus clientes.

A ideia é construir uma relação de fidelidade entre os clientes e a empresa, fazendo com que eles se tornem verdadeiros fãs dos seus produtos e serviços e, consequentemente, da sua marca. Dessa forma, eles se tornam também promotores da sua empresa, fazendo promoções boca a boa e trazendo novas oportunidades de negócio.

Cada vez mais as abordagens invasivas vão ficando para trás, à medida que os profissionais de marketing focam em relacionamentos para aumentar os seus negócios. Sendo assim, as empresas devem usar muito da transparência para mapear as táticas de marketing de relacionamento.

Automação de marketing

As empresas que já entenderam a importância de construir a sua presença digital e produzir conteúdo relevante para o público acabaram tendo que lidar com um problema: encontrar formas de fazer a gestão de um número tão alto de leads gerados. Daí surge a automação de marketing, já feita por algumas empresas, mas que se tornará essencial.

Usar uma plataforma de automação de marketing facilita a programação de e-mails, segmentação de contatos, automação de publicação de mídias sociais, gerenciamento do seu conteúdo e acompanhamento do ciclo de vida de clientes em seu funil de marketing. Tudo isso diminui a necessidade de uma equipe maior de marketing focada em fazer de forma manual esse relacionamento.

Marketing de pouca duração

No próximo ano, os profissionais de marketing devem pensar em campanhas integradas, que conectem especialmente os consumidores mais jovens. Para isso, vale a regra de “menos é mais”. Ofereça conteúdo exclusivo, de curta duração, e abuse da comunicação mais direta. Em um mundo onde as pessoas têm cada vez menos tempo, esse modelo funciona.

Um canal que estará muito em alta é o Snapchat. Essa ferramenta, em tempo real, é uma ótima oportunidade para se conectar de maneira única, usando apenas uma pequena parte do tempo do seu público. Seja orgânico, fale como eles e vá direto ao assunto.

Pesquisa além dos mecanismos de pesquisa

Em 2016, os recursos de pesquisa devem ir além do Google, Bing e Yahoo. O Facebook, por exemplo, já vem trabalhando em testes para seu próprio mecanismo de pesquisa. Com essa melhora dos recursos de pesquisa nas mídias sociais, as marcas obterão um impulso automático. Além disso, quando botões de comprar e mensagens de pagamento aparecerem nas mídias sociais em 2016, uma plataforma do tipo “tudo em um” surgirá.

Com recursos de pesquisa avançados, métodos de pagamento integrados e impacto social que capacite os sites, como Facebook e Twitter, os consumidores poderão fazer compras, conversar com seus amigos sobre o que compraram e publicar a prova social de sua nova compra. A pesquisa avançada trará uma experiência social mais integrada que expande o domínio do comércio eletrônico. Se você alimentar seus esforços de marketing nessa pesquisa “tudo em um”, do tipo comprar e compartilhar, das mídias sociais, é claro que sua marca terá retorno. Torne o processo de compra mais fácil, mas também transforme-o em uma experiência.

A Internet das Coisas (IoT)

Esse conceito defende que equipamentos eletrônicos devem se comunicar entre si, trocando informações que facilitam a vida das pessoas. Se hoje já conseguimos perceber a influência de nosso smartphone em nosso dia a dia, com a internet das coisas, esse poder deve aumentar ainda mais. Ele funcionará quase como um controle remoto, comandando todas as ações, como acender e apagar uma luz, e até mesmo ligar e desligar dispositivos como o fogão ou a televisão.

Dessa forma, a IoT se tornará uma ferramenta cada vez maior que os profissionais de marketing poderão usar para se envolver com os seus clientes. Isso significa que os seus dados precisarão se tornar mais conduzidos por comportamentos e, embora o poder dos dispositivos pareça ser desconcertante, você estará bem no alvo. No final das contas, as pessoas farão o que quiserem.

Tem alguma dúvida sobre essas tendências, ou quer pontuar alguma delas? Comente aqui no blog e vamos discutir sobre o assunto!

1 comentário

  • Criação de sites Brasília

    Acho o marketing uma ciência fantástica! Com o aperfeiçoamento das tecnologias existentes e desenvolvimento de novas, sempre temos maneiras inovadoras de promover nossas próprias empresas assim como aquelas para as quais desenvolvemos projetos. Particularmente, eu trabalho com criação de sites e conhecer as tendências de marketing, não apenas nos websites que desenvolvo, mas principalmente fora deles, é vital para meu negócio.

    Parabéns pelo post, muito obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *